Waze poderá ser usado para pedir socorro

Já faz um tempo que o Waze se tornou o queridinho dos motoristas ao redor do mundo. Seja para fugir do congestionamento ou, simplesmente, encontrar o caminho, o aplicativo se tornou um dos mais baixados entre os dispositivos móveis. Por ser alimentado pelos usuários, o aplicativo também já permitia que o condutor recebesse, em determinadas rodovias, alertas  sobre limites de velocidade e condições de tráfego em tempo real, localização de postos de serviço e praças de pedágio, com as respectivas tarifas, as bases do sistema SOS Usuário e os telefones de emergência.

Agora, a novidade é que vai ser possível solicitar socorro mecânico e até atendimento médico a partir do próprio aplicativo, bastando pressionar a tecla Click to Call.  Essas melhorias são parte de um projeto piloto chamado Rodovias Conectadas, feito por uma parceria entre o Waze e o Grupo CCR, que administra diversas rodovias por concessão.

sos-waze-img

A expectativa é que, até o Carnaval de 2017, o projeto deva alcançar as seguintes rodovias: Anhanguera e Bandeirantes (CCR AutoBAn, São Paulo), Presidente Dutra (CCR NovaDutra, São Paulo e Rio de Janeiro), Via Lagos (CCR ViaLagos, Rio), BR-277 e BR-376 (CCR RodoNorte, Paraná), SP-127, SP-255 e SP-258 (CCR SPVias, SP) e BR-163 (CCR MSVia, Mato Grosso do Sul).