Venda de leves deve ter saldo positivo até o fim do ano

Após um primeiro semestre positivo nas vendas de veículos, a Fenabrave revisou as projeções para o final de 2017. Foram apresentados dois cenários diferentes daqueles previstos no início do ano. A expectativa é que os veículos leves continuem sua fase animadora, enquanto os pesados terminem o período com um resultado não tão animador assim. 

Outro dado do Fenabrave diz respeito ao emplacamento de automóveis, que deve ter um crescimento de 4,25% em relação a 2016. Os comerciais leves são um dos grandes impulsionadores das vendas de veículos leves, com previsão de aumento de 2,25% em comparação ao ano passado.

A linha pesada apresenta números negativos. A expectativa é de que os caminhões tenham uma queda de 15,6 %.  Os ônibus ficarão no vermelho, com 7,25%, o que resulta na queda de desempenho de 13,8% desse mercado em relação ao ano de 2016.

As motos também não empolgaram nas vendas. A Fenabrave espera que 427.283 veículos desse tipo sejam emplacados, contra 547.108 de 2016. Isso significa uma queda de 21,9%.