Veículos e smartphones: uma fronteira cada vez mais curta

Os smartphones são itens socialmente obrigatórios hoje em dia. Neles, os usuários podem navegar em sites, consultar as redes sociais e solicitar diversos serviços. Nos carros mais modernos, as centrais multimídias podem ajudar a conectar smartphones à automóveis.

Para evitar que os motoristas utilizem aparelhos telefônicos dentro dos carros, as montadoras e as empresas de tecnologia criaram alternativas. Tudo para evitar a distração do condutor. Quando recebem ligações ou precisam consultar o mapa, não precisam recorrer aos seus dispositivos.

Hoje é possível atender ligações sem tirar a mão do volante. Por meio de uma simples conexão bluetooth. Direto com rádio do carro ou das chamadas centrais multimídia. Porém, tal tecnologia não se atém apenas às ligações.

Central Multimídia

No início da fase do bluetooth, era possível apenas atender ligações e conectar músicas ao rádio do carro. Hoje, com o avanço dos softwares de reconhecimento de voz,  é possível fazer ligações e até mandar mensagens sem tirar os olhos da pista.

Os celulares fizeram as pessoas praticamente aposentarem diversos itens, como o rádio portátil, o bloco de notas, as câmeras fotográficas e o GPS. Acima de tudo, com aplicativos como Google Maps e o Waze, que podem ser integrados com as centrais, consultar e traçar rotas nunca foi tão fácil.

Apesar de ainda ser o meio de comunicação mais utilizado pelo brasileiro, o rádio começou a perder público. Os serviços de streaming de musica, principalmente Spotify, permitem a escolha da faixa na hora que se quer. Tudo conectado direto na central multimídia.

Próximo passo

A conexão carro-celular não fica somente na central multimídia. Uma parceria entre as gigantes da tecnologia e dos automóveis desenvolve as chaves digitais. Por meio delas, será possível abrir e fechar o automóvel com o celular. Além disso, desligar o veículo não implicará na necessidade de uma chave física.

Tudo funcionará por meio da tecnologia NFC, que está presente em diversos smartphones. Marcas como AUDI e Volkswagen já estão utilizando versões da tecnologia. A chave digital não irá facilitar só a vida do dono do carro, mas ajudará também empresas de aluguel de veículos.

CarPlay

Lançado em março de 2014 pela Apple, o CarPlay é um programa que transforma o rádio ou a central multimídia do carro em um controlador do iPhone.  O aplicativo foi uma iniciativa para facilitar o uso do celular no trânsito e evitar acidentes.

Ele transforma o comando de voz do veículo em uma extensão da Siri (assistente pessoal da Apple). Além disso, com o aplicativo o carro vira um complemento do iPhone, os botões que controlam o rádio e a central multimídia passam a controlar o celular.

Android Auto

O Google também criou sua plataforma dedicada aos veículos. O Android Auto funciona de maneira semelhante ao CarPlay da Apple. Ele possui uma interface simples e intuitiva, de uso intuitivo no trânsito.

O aplicativo integra o veículo com o smartphone. Por meio dele, é possível realizar ligações de celular e Skype, ouvir musica no Spotify e utilizar centenas de outros aplicativos, todos especialmente otimizados para uso no Android Auto.