Três projetos de mulheres que enxergaram além das oportunidades

Ter um olhar no futuro é enxergar as tendências e tudo que as envolve. As mulheres vêm se voltando para isso e conquistando cada vez mais seu espaço no empreendedorismo, prática que dialoga com as tendências no mundo dos negócios, por lidar com oportunidades. Sua visão particular tem, muitas vezes, um viés pessoal que o público masculino não tem.

Separamos três mulheres que brilharam ao desenvolver projetos que mostram esse caráter, não só nas oportunidades, mas também, no mundo em que elas vivem e seu futuro. Os negócios em questão se mostram completamente contextualizados em mudanças atuais e proveitosas da sociedade. Eles misturam design e tecnologia e, em seu conjunto, uma oportunidade real e palpável, ou seja, bons exemplos, não só para mulheres, mas para todo mundo que quer empreender. Confira:

Eesha Khare – Bateria de 30 segundos

Enquanto as empresas buscavam baterias duradouras em suas operações e os consumidores reclamavam das que eram fornecidas pelo mercado, essa estudante surpreendeu a todos e desenvolveu uma bateria que recarregava celulares em apenas trinta segundos.

A jovem americana criou um capacitor que reduz o tempo de espera de recarga de celulares e outros dispositivos eletrônicos de horas a poucos segundos.

Em um contexto tecnológico de intenso uso de celulares e dispositivos, o projeto da estudante se mostrou totalmente avançado e inesperado, por sua capacidade e caráter inovador.

roles-a-frente-no-seu-tempo-header

Letícia Korndorfer – Tress Cabelos

Esse outro negócio identificou um oportunidade presente no Brasil: a valorização cultural da mulher, mais especificamente da cultura afro-descendente e sua estética.

A Tress Cabelos é uma loja virtual de perucas que busca prestigiar e empoderar a mulher e a cultura afro-descendente brasileira. Suas perucas seguem um padrão extremamente semelhante ao próprio cabelo humano, assim como as grandes marcas do ramo – Natura, Toyo, Yaki.

A diferença da marca é que ela foca principalmente nas mulheres negras, e traz uma tecnologia em fibras e da alta qualidade.

Acesse o site para conferir http://www.tresscabelos.com.br

Camila Silveira e Nina Weingrill – Velo Clothing

Com as ciclovias e com a falta de mobilidade causada pelo trânsito – em São Paulo principalmente – a quantidade de ciclistas aumentou muito nos últimos anos. Essa marca nasceu com o objetivo de servir o ciclista moderno e urbano e as pessoas que se movimentam pela cidade, em geral. O resultado desse pensamento foi a elaboração de peças de uso diário que unem um design de alfaiataria moderna, e uma tecnologia diferenciada de vestuário esportivo.

A identidade da Velo foca na resistência. Em dias de chuva, por exemplo, o ciclista pode usar a roupa da marca sem medo de se molhar, já que ela é resistente à água. O odor do esporte fica de lado também, pois a roupa tem uma tecnologia anti bactérias. Por fim, o movimento máximo é priorizado. Ciclistas a testaram e afirmam que o movimento do corpo é completamente livre.

Veja mais no site da marca https://www.velo.vc/