Tesla protagoniza vídeoclipes americanos

Não é qualquer garagem que recebe um carro de Elon Musk. E a verdade é que as celebridades sabem e amam isso. Nomes como Morgan Freeman, Ben Affleck, Cameron Diaz, Matt Damon, Jay Leno, Steven Spielberg, Anthony Bourdain e Stephen Colbert, são alguns dos que possuem um modelo Tesla e o exibem frequentemente. Mas, nenhum deles tem ostentado tanto os automóveis elétricos como os rappers americanos.

A cultura do hip-hop tem ganhado cada vez mais força. E o que antes era sinônimo de marginal, hoje se apoia na modernidade e no estilo. Roupas caras e joias são itens essenciais para alguém que procura se destacar nesse segmento. Mas o que tem chamado a atenção de muitos que acompanham o trabalho destes artistas é a forma como eles têm ostentado os carros da Tesla.

Na lista dos rappers que passeiam com estes veículos estão desde veteranos, como Snoop Dogg, Dr. Dre e Jay Z, até a nova geração, Tyler, The Creator e Jaden Smith. E como se não bastasse apenas dirigir essas máquinas, cada vez as composições e redes sociais dos famosos citam a Tesla.

Icon

Jaden Smith, filho de Will Smith, está investindo pesado na carreira de rapper. E em um novo trabalho, gravou um clipe inteiro em torno do seu Model X. Com portas que abrem para cima, o resultado foi um vídeo no melhor estilo ostentação.

911

Nessa canção, Tyler, The Creator menciona Elon Musk e ainda afirma que, depois de bater sua McLaren, comprou um Tesla. Segundo o site “Genius”, o cantor teria sido influenciado por Jaden Smith.

I really love my Tesla

O Twitter é uma das maiores plataformas de interação entre celebridades e fãs. Por isso, muitos a usam para compartilhar suas ideias. No caso de Kanye West, o espaço de 280 caracteres é quase sempre usado para demonstrar a sua paixão pelos modelos de Elon.

 

Eu realmente amo meu Tesla. Estou no futuro. Obrigado Elon.

O motivo para essa veneração

Para Gisele Jordão, pesquisadora e coordenadora do curso de Cinema e Audiovisual da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), a apreciação dos rappers pela marca é resultado de uma estratégia chamada comunicação associativa.

https://www.instagram.com/p/BSP2rhnjoYy/ (vídeo feito por Snoop Doog de um modelo Tesla)

“Quando uma marca aparece em um universo criativo onde as convicções e valores de um artista estão bem estabelecidos, o público automaticamente associa a marca a este determinado contexto, e portanto esta marca ganha os mesmos valores deste contexto”, explica.

Um exemplo claro desta estratégia são as motos Harley-Davidson, consolidadas não apenas como uma marca, mas como um estilo de vida. A princípio, elas não faziam muito sucesso por serem robustas e com mais potência de velocidade. Mas tudo mudou quando durante a Segunda Guerra Mundial a marca foi associada a estética militar.

No caso da Tesla, o benefício está no fato do rap ser um dos estilos musicais mais populares da atualidade. Com isso, ela ganha todos os atributos de estilo e personalidade que os cantores trazem consigo.

Engajamento orgânico

É importante frisar que, aparentemente, a adesão dos músicos é espontânea. Musk já se pronunciou sobre no Twitter ao dizer que não paga por anúncios comerciais ou pelo apoio de celebridades. Como então explicar esse fenômeno?

 

Simples: proximidade com as celebridades. Musk demonstra publicamente sua admiração por Kanye West, Snoop Dogg, entre outros. Assim, a divulgação deixa de ser um promoção e torna-se uma simples admiração.

Vale lembrar que a estratégia em si é simples. Associar os carros ao estilo de vida ostentativo destes músicos e assim transformar os carros em objetos de desejo.