Tendência globais para o varejo.

tendencias globais varejo

Uma projeção com as tendências para o varejo global nos próximos anos foi divulgada pela empresa britânica Dunnhumbyu. Listamos e explicamos um pouco mais sobre elas para seu negócio estar a frente das mudanças:

 

– Conveniência: Os consumidores estão com uma vida cada vez mais corrida e por isso procuram soluções mais rápidas, a conveniência é justamente isso, melhorar as fases da compra para garantir um processo mais rápido. Manter cadastros atualizados do seu comprador é uma saída fácil e inteligente para agilizar o processo. Ferramentas online com catálogo de peças e buscas inteligentes também pode facilitar o pedido.

– Valor: A procura por preço baixo sem abrir mão da qualidade tende a aumentar, tornando o uso de promoções um atrativo. Observe o padrão de compra de seus maiores compradores para poder oferecer descontos nas peças que mais atraem seus clientes.

– Economia social: A habilidade de ouvir o cliente e adaptar seu serviço para os comentários dele. Com a internet sendo cada vez mais usada para se falar bem ou mal de uma marca isso se tornou essencial. Disponibilizar um e-mail para dúvidas ou observações é algo que pode lhe ajudar a melhorar seu negócio.

– Personalização: Mesmo um nível muito baixo de personalização já é suficiente para chamar a atenção do cliente. Identifique quem são seus principais clientes e intensifique a personalização do relacionamento com ele.

– Fusão Cultural: Usar feriados e características da cultura local, ou até mesmo de outras culturas para conectar com um cliente. Um exemplo disso é a popularização da Black Friday em diversos países. Aproveite dadas comemorativas nas quais existe uma maior demanda para oferecer promoções que despertem o interesse do seu cliente.

– Online, sempre: Não só a presença na internet, mas o uso de tecnologias no próprio ponto de venda que geram um maior interesse e interação do público. Essa premissa também vale para o mercado de autopeças. A criação de versão mobile de seu site ou até mesmo de um aplicativo que ajude o comprador a fazer seus pedidos pode ser interessante.

– Saúde e bem-estar: A preocupação com uma vida mais saudável como as gerações anteriores viviam é um forte argumento de venda para o varejo. Reforçar a importância da manutenção com peças de qualidade para veículos, ressaltando a maior segurança é um bom exemplo.

– Consumo ético: Consumidores tendem a escolher empresas corretas socialmente e ecologicamente, muitas vezes deixando de comprar marcas que não cumprem esses requisitos. Algo bem simples, como diferentes lixos para materiais recicláveis na loja e a escolha por fabricantes que adotem uma postura sustentável na produção das autopeças já é um começo.