Seguro DPVAT: Saiba como resgatar os valores da restituição

O seguro sobre Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) foi alvo de polêmicas em 2019. O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tentou extinguir o seguro obrigatório, mas não obteve sucesso. Apesar disso, os valores sofreram alterações que agradaram a população.

Devido à esses acontecimentos que ocorreram no final de 2019, os contribuintes que pagaram os valores referentes a esse ano, antes da alteração, terão o direito a uma restituição. Por isso, a equipe Roles Conectar reuniu todas as informações necessárias para você recuperar o seu dinheiro.

Como solicitar?

Para solicitar a restituição do DPVAT é necessário acessar o site criado especialmente para a situação (https://restituicao.dpvatsegurodotransito.com.br/). No portal, o dono do veículo deverá cadastrar seus dados pessoais. Após preencher todas as informações necessárias, um código será gerado e, por meio dele, será possível ver o andamento do processo.

Quem possui mais de um carro em seu nome deve preencher um formulário para cada automóvel. Separadamente, o proprietário receberá um número de acompanhamento. O prazo para fazer o requerimento da restituição vai até o fim de 2020. A Seguradora Líder – administradora do DPVAT – informou que os pedidos levarão até dois dias úteis para serem processados e o pagamento será feito logo em seguida.

Informações complementares

Acima de tudo, é necessário continuar pagando os valores do DPVAT, para ter o veículo licenciado. Fora os valores, nada mudou no processo de pagamento do seguro obrigatório. Veja na tabela abaixo um comparativo entre os valores antigos e os novos, além do valor da restituição: