Rede Walmart adere ao uso de inteligência artificial

O Walmart, uma das maiores redes de supermercado do Brasil, poderá usar Inteligência Artificial para inovar e melhorar a qualidade de seu atendimento. A companhia vêm desenvolvendo e testando uma tecnologia que pode identificar se os clientes estão infelizes ou frustrados a partir de suas expressões faciais.

A expectativa inicial é de que a ideia contará com câmeras de segurança e de pagamento para conseguir o diagnóstico. A partir do resultado, a rede oferecerá ofertas e sugestões de produtos que possam aumentar o índice de satisfação do cliente.

O VentureBeat, portal americano sobre tecnologia, apontou a iniciativa como passível de erros. “O reconhecimento facial é uma ótima ideia quando se trata de fazer login em um laptop ou passar pela segurança do aeroporto um pouco mais rápido”. Além disso, constatou que a medida substituí as relações humanas e isso deve ser considerado como negativo.

Outro ponto a ser levado em consideração e que também foi exposto no jornal, é que inteligência artificial ainda não está preparada para distinguir as emoções humanas. “Nem mesmo as próprias pessoas, muitas vezes, o conseguem. Como as câmeras inteligentes da rede poderão distinguir um cliente cansado de um cliente infeliz”, sugere a publicação.

As informações obtidas foram disponibilizadas pela própria rede Walmart.