Placa inteligente pode identificar motoristas no celular

Uma inovadora solução pode ter chegado para os motoristas que continuam a utilizar o celular enquanto dirigem. Isso porque, na cidade de Norwich, leste da Inglaterra, já está sendo testada uma placa inteligente. Sua função é detectar sinais de uso dos smartphones.

Exemplo Inglês

Ela foi desenvolvida pela equipe de segurança rodoviária da região de Norfolk. Uma parceria com a empresa Westcotec, especialista em de sistemas de segurança automotiva. Seu funcionamento é o seguinte: caso o motorista esteja usando o celular, a placa pisca e começa a emitir um alerta lembrando-os da proibição.

Entretanto, ela não é capaz de identificar o motorista, tampouco o automóvel. Porém, ela coleta os dados de vezes em que foi acionada. Sendo assim, os oficiais de trânsito conseguem ver os locais onde os smartphones são mais utilizados e, consequentemente, intensificar a fiscalização.

No Brasil…

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é proibido dirigir o veículo “utilizando-se de fones nos ouvidos conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular”. A infração é média, o que confere 4 pontos na CNH e multa de R$ 130,16. Porém, note que essa é específica ao uso de fones de ouvido. Quando “com apenas uma das mãos, exceto quando deva fazer sinais regulamentares de braço, mudar a marcha do veículo, ou acionar equipamentos e acessórios do veículo (…)  o condutor estiver segurando ou manuseando telefone celular”, a infração é considerada gravíssima (7 pontos na CNH). A multa fica no valor de R$ 293,47.

E, de acordo com o DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito), apenas no primeiro semestre de 2018, foram mais de 268 mil multas relativas ao uso de celular no volante. O número é 167% maior que o mesmo período de 2017.

Portanto, se a placa inteligente chegar por aqui, muitos motoristas precisarão atentar-se ainda mais às leis. Poupe seu bolso e dirija com muito mais segurança.