Pequenos negócios lideram geração de empregos no Brasil

Em 2018, os pequenos negócios são os que mais geram empregos no Brasil. No primeiro trimestre do ano, 196 mil postos de trabalho foram criados através deles. Isso significa um crescimento de 127% em relação ao mesmo período de 2017.

“Não é novidade que o emprego do país passa pela micro e pequena empresa. Agora, com a chance de parcelar as dívidas fiscais por meio do Refis da MPE, os empresários de pequenos negócios certamente ganharão novo fôlego para gerar ainda mais vagas”, analisa o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

O total de empregos formais celetistas gerados em março foi de 56,1 mil. O setor de Serviços, mais uma vez, foi o que gerou mais emprego nos pequenos negócios, com 34,3 mil postos.

Aqui vai um dado para comparar com 2018: em 2017, os pequenos negócios foram responsáveis por 338 mil empregos de carteira assinada. A expectativa é que, em 2018, este número seja facilmente superado.

A pesquisa sobre o crescimento dos pequenos negócios é do Sebrae com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.