Os carros que menos depreciaram na hora da revenda em 2019

Design, equipamentos, potência, capacidade de porta-malas. A lista de atributos que você observa na hora de comprar um carro é extensa. Entretanto, é importante acrescentar mais um item à lista: os valores de depreciação dos veículos.

A mais recente pesquisa da Kelley Blue Book Brasil, plataforma especialista em precificação de carros novos e usados, divulgou a lista dos 10 carros menos e mais depreciados do mercado automotivo brasileiro, no ano de 2019.

Este cálculo foi feito, acima de tudo, comparando os valores de veículos 0Km que estavam à venda em janeiro de 2019 com o preço de revenda dos mesmos, no último mês do ano.

Começando pela lista de veículos com menor depreciação, três modelos também figuram entre os 25 mais vendidos no ano. Primeiramente, a picape Toyota Hilux que não sofreu depreciação alguma. Em segundo lugar, o Volkswagen Fox com queda de 3,65%. E, por fim, o Toyota Yaris Hatch que teve seu valor reduzido em 4,08%.

Confira a lista na íntegra: 

MENOS DEPRECIADOS

Toyota Hilux  (+0,55%)

Peugeot 3008 SUV  (-1,49%)

Volkswagen Golf  (-3,41%)

Volkswagen Fox  (-3,65%)

Toyota Yaris Hatch  (-4,08%)

BMW M5  (-4,41%)

Mercedes-Benz S 560  (-4,59%)

Troller T-4  (-4,62%)

Honda WR-V  (-4,70%)

Peugeot 5008 (-5,04%)

Já na lista de veículos com maior depreciação, apenas o Renault Sandero está também entre os 25 carros mais vendidos do ano. Veja:

MAIS DEPRECIADOS

Ford Focus  (-28,13%)

Fiat Weekend  (-27,80%)

Ford Focus Fastback  (-25,99%)

Jaguar XF  (-21,94%)

Renault Sandero  (-21,69%)

Fiat Doblò  (-21,23%)

Citroen C4 Lounge  (-20,83%)

Ford New EcoSport  (-20,53%)

Peugeot 2008. (-18,74%)

Chevrolet Cobalt  (-18,61%)

 Confira algumas dicas importantes para perder menos dinheiro na hora da revenda. Enquanto isso, você pode evitar o famoso “casamento”.

DICAS

A primeira delas é, principalmente, observar listas como esta e buscar entender as tendências de mercado, o que conversa com a nossa próxima dica: escolher modelos com boa aceitação de mercado é uma ótima decisão.

Além disso, sempre que possível, opte por modelos que tenham o maior desconto quando ainda novos. Eles podem não desvalorizar ao atingirem o preço cheio. E por último: evite modelos com tecnologias que ainda não foram bem recebidas pelos consumidores. Isto porque elas também podem desvalorizar o veículo.