Novo radar detecta irregularidades à distância

144 veículos em um dia. Certamente, a operação auxiliada por uma novo tipo de radar móvel no Rio de Janeiro foi intensa. No começo de Abril, foram lançados os aparelhos que detectam irregularidades à distância. A portabilidade entrou em jogo para não sair mais.

A tecnologia não é novidade. Mas sim, seu formato. Existe ali um banco de dados que verifica diversos registros dos veículos. Não só furtos, mas também roubos e problemas de licenciamento. A inovação parte do princípio de que só existiam câmeras fixas que desempenhavam essa função.

No primeiro dia de uso da ferramenta, mais de 1600 veículos foram verificados. 144 foram abordados, e 17 retirados de circulação por algum tipo de irregularidade. Em conjunto com os fatores citados anteriormente, também há um rígido controle nos quesitos: pneus, placas, lataria, luzes e emissão.

A regularidade da operação também é ponto de atenção da polícia e do Detran. Foram utilizadas câmeras para garantir que as ações fossem feitas como planejado. Uma central de monitoramento era responsável por essa função. A tendência é que o Rio de Janeiro utiliza cada vez mais a tecnologia. E aí? Qual a sua opinião sobre o assunto?