Em 15 anos, Alemanha pretende proibir vendas de carros a combustão

O país ícone em desenvolvimento e fabricação de automóveis dá agora mais um passo em direção ao futuro. A Alemanha pretende, até o ano de 2030, proibir o emplacamento de veículos com motor a combustão, com o objetivo de reduzir as emissões dos gases poluentes e, assim, minimizar os efeitos do aquecimento global.

alemanha

No entanto, parte do parlamento alemão está preocupado com os possíveis impactos que essa norma pode causar à economia nacional. Os contrários a medida alegam que isso pode provocar uma significativa perda de empregos, já que para produzir um motor elétrico é necessário apenas um décimo da mão de obra necessária para fabricação de um motor convencional. Além disso, também pode ocorrer redução do PIB.

Já os defensores da medida alegam que ela tem base jurídica segundo o Acordo de Paris, tratado de 2015 que estabelece diversas mudanças para redução da emissão de dióxido de carbono.