CNH Digital

Na terça-feira (10) foi lançada a Carteira Nacional de Habilitação digital em Goiás, estado que será responsável por testar o sistema para o restante do Brasil. Para os demais estados brasileiros, a previsão é de que a CNH-e esteja disponível a partir de 1º de fevereiro de 2018.

Bruno Araújo, Ministro das Cidades, afirma que a inovação não irá alterar o valor jurídico do documento em papel. “Estamos permitindo que a identificação do brasileiro possa ser feita por meio digital. A mudança, porém, não afetará a emissão do documento em papel, que continuará a valer. A adesão ao documento digital é opcional”.

Confira agora perguntas e respostas para esclarecer todas as suas dúvidas sobre a CNH-e.


A CNH digital será gratuita?

Não. Inicialmente, em Goiás, a CNH digital será gratuita para quem já tiver o documento na versão impressa e solicitar o modelo digital até o fim do ano. Em 2018, será cobrado o valor de R$ 10 para obter a versão digital.

Como obter a CNH-e?

  1. Quando ela estiver disponível no seu estado, cadastre-se no Portal de Serviços do Denatran.
  2. Vá até o Detran do seu estado para conferir seus documentos.
  3. Baixe o aplicativo gratuito nas lojas oficiais da Apple e do Google.
  4. Acesse o aplicativo por meio de um código de ativação que o Detran enviará para o seu e-mail.
  5. Crie uma senha de 4 dígitos para acessar o documento no celular

A CNH digital tem o mesmo valor que a impressa?

Sim. Segundo o Ministério das Cidades, a CNH-e é apenas uma versão digital da CNH impressa.

Todos motoristas podem solicitar?

Não. Para solicitar a CNH-e é preciso ter o documento que conta com o QR Code, código específico para ser lido por aparelhos eletrônicos. Ele está localizado na parte interna do documento. Quem tem a versão antiga deverá renovar o documento antes de pedir a versão digital.

É preciso ter sinal de internet para abrir o aplicativo?

Não. Só será preciso estar conectado na internet no primeiro acesso ao aplicativo.

Além da CNH digital, o aplicativo terá outras funções?

Sim. Pelo aplicativo será possível consultar a pontuação na sua carteira e ser avisado sobre o vencimento do seu documento.

E se roubarem meu celular?

Caso isso aconteça, é possível solicitar o bloqueio do documento pelo Portal de Serviços do Denatran.