A chegada do consumidor digital

MUDANÇA QUE GERA MUDANÇA

Em poucos cliques você atravessa o mundo e toda informação chega à sua mão. Seja para acessar conteúdos acadêmicos, profissionais ou pessoais, a internet é hoje a fonte perfeita para se obter conhecimento. Por este e outros motivos, diversas áreas se reestruturam por completo a fim de dialogar com os impactos dessa nova plataforma. O próprio marketing é um dos segmentos envolvidos nessa mudança, que, por sua vez, enfrenta um conflito ainda mais intenso: a reestruturação de laços com um novo público, que não se atêm mais às antigas técnicas comerciais.

É isso mesmo. Aquele consumidor que se encantava facilmente com os lindos comerciais televisivos não existe mais. Questionador, inteirado e extremamente crítico, o novo consumidor digital pode ser um tormento para algumas marcas, mas a realidade, é que eles apenas estão mais maduros.

“Hoje eles são mais racionais e mais bem informados do que o vendedor, e totalmente conscientes do seu poder, não só como consumidores, mas como cidadãos. Então não basta ter um bom vendedor. É preciso ter funcionários capazes de falar com eles de igual para igual, ajudando a simplificar o processo de compra e criando uma experiência única”, explica o consultor de varejo Marcos Gouvêa de Souza, em uma entrevista ao site Pequenas Empresas Grandes Negócios.

COMO SE ADAPTAR

Para muitos especialistas, o atendimento de qualidade é um dos melhores caminhos para a construção de uma relação saudável com este público. Afinal, todos querem a sensação de exclusividade perante um serviço prestado, e uma relação íntima com o cliente é a chave para iniciar esse ciclo de fidelidade.

“Ele não pode perder, de forma nenhuma, a visão do futuro e do longo prazo. É preciso estar atento às mudanças estruturais provocadas pela revolução digital, e perceber como elas já afetam a sua empresa”- alega Marcos quanto as mudanças para a nova era.

Apesar destas adaptações, os benefícios também são grandes. Mais interessados nos compromissos que a empresa defende, grande parte desse público faz questão de emitir feedbacks e comentários a respeito de suas marcas, além de compartilhar comentários a respeito de suas experiências. Essa ação contribui não só para uma divulgação orgânica dos serviços prestados, como também para uma imersão ainda maior nesse novo universo do comércio digital.