6 invenções tecnológicas que não vingaram

Elas chegam para mudar vidas. Mudar hábitos, criar novas necessidades e novas dinâmicas de funcionamento. As invenções tecnológicas estão por aí, em nosso cotidiano. Os smartphones, por exemplo, que hoje são ítens imprescindíveis para muitos. Há alguns anos eles não existiam, ou pelo menos eram muito exclusivos. Hoje em dia, o desenvolvimento tecnológico faz dele um objeto acessível e que pode trazer dinâmica e velocidade para comunicação e aquisições.

Mas esse é um exemplo ímpar. De sucesso estrondoso. As invenções precisam considerar o momento, ou seja, a época. Além disso, é de extrema importância que levem em consideração o preço de entrada no mercado, e também a sua real praticidade. Elas precisam vir para agregar e não dificultar a vida das pessoas.

É por essas e outras que, muitas vezes, um projeto não sai como planejado. Acompanhe a seguir 6 tecnologias que eram muito atraentes no papel, mas que não se efetivaram como ferramentas de sucesso e referência para o público:

1- Google Glass

Promessa: Tecnologia de acesso a mapas, músicas e fotos. 

Principal problema: Preço alto e funcionamento complicado

 

2- Netbook

Promessa: Notebook de tamanho menor e mais prático.

Principal problema: Concorrência (smartphones e tablets)

3-MiniDisc

Promessa: Transição inovadora da fita cassete. 

Principal problema: Tecnologia com compatibilidade baixa e baixo incentivo da indústria. 

4-Kinect

Promessa: Revolucionar games – adicionar movimentos aos jogos.

Principal problema: Nunca atingiu potencial planejado.

5-Tv 3d

Promessa: Imagem que salta aos olhos.

Principal problema: Programação escassa, e óculos desconfortáveis.

6-Segway 

Promessa: Revolucionar o mercado do transporte e diminuir poluição. 

Principal problema: Uso desajeitado e falta de regulamentação (Preço no Brasil).