6 habilidades comportamentais importantes para 2020

O mundo está mudando cada vez mais rápido. No ambiente de trabalho, o avanço tecnológico se faz presente e as habilidades comportamentais desejadas se transformam. Por conta disso, é necessário se manter atualizado. Além disso,  se atentar ao que as empresas estão procurando atualmente em seus funcionários.

Agora que um novo ano está prestes a começar, a equipe Roles Conectar separou algumas habilidades comportamentais que serão valorizadas em 2020, e nos próximos anos. Veja: 

Boa comunicação

Primeiramente, a comunicação é, e sempre será, uma das características mais valorizadas em um profissional. Não importa se você é um vendedor, técnico de informática ou cozinheiro. Uma boa e clara expressão é imprescindível. 

É essencial que a pessoa consiga transmitir ideias que facilitem a compreensão. Mais adiante, questões técnicas e práticas para funcionários de diferentes setores. A boa comunicação é tão relevante que sua natureza reflete diretamente no próximo tópico. Acompanhe: 

Relacionamentos interpessoais

Influenciado pela boa comunicação, o relacionamento interpessoal é basicamente o bom convívio entre duas ou mais pessoas. Esta habilidade é essencial no ambiente de trabalho, pois, por meio dela, o profissional transita com mais facilidade entre as áreas.

Além disso, bons relacionamentos interpessoais permitem uma maior harmonização dentro da empresa. Dessa forma, setores diferentes compartilham ideias e, assim, geram resultados positivos para toda a companhia.

Proatividade

Um funcionário proativo é aquele que não pensa muito antes de botar a mão na massa. Quem possui essa habilidade tende a estar dispostos a viver novas experiências e se desafiar, constantemente. Sem falar que ele se inclina para atividades que estão fora de sua zona de conforto.

Bruno Picinini, youtuber, coach e empresário, afirma ser uma pessoa proativa em todos os âmbitos de sua vida, tanto na pessoal quanto na profissional.“Eu sempre tento manter esse hábito de proatividade ativo, em mente. Por que eu sei que se eu manter esse hábito em qualquer situação, no meu negócio vai ser mais forte, por que me importa ainda mais.”

Domínio da língua inglesa

O inglês é uma das línguas mais faladas no mundo. E é, muitas vezes, com ela que negócios internacionais são fechados. Isso sem falar no fator programas de computadores. Estes predominantemente são elaborados com base no inglês.

O domínio de uma segunda língua é muito importante, pois ela poderá ampliar os horizontes profissionais. Salários e cargos também podem ser melhores para quem está preparado neste quesito. 

Segundo pesquisadores independentes da City University of New York e da University of South Carolina (Pesquisa de 2016), é possível aprender uma língua estrangeira on-line e obter resultados satisfatórios.

“De um modo geral, os usuários precisaram, em média, de 21 horas de estudo ao longo de um período de dois meses para cumprir os requisitos equivalentes a um semestre de espanhol em uma faculdade norte-americana”, diz a conclusão do estudo.

Multidisciplinaridade

Acima de tudo, um profissional multidisciplinar é aquele funcionário híbrido, que se adapta a diferentes ambientes e setores. Seus conhecimentos vão além de seu departamento dentro da empresa – vão até outras áreas além de sua formação.

Esta pessoa é aquela que busca cursos extras, vai a workshops e palestras. Tudo para agregar e colecionar conhecimento. Um exemplo de profissional multidisciplinar é o balconista de autopeças. Ele não só sabe sobre vendas, mas também é desenvolto no tema mecânica, e, quem sabe, ecommerce.

Visão de negócios e senso de dono

Às vezes é necessário olhar para o ambiente de trabalho sob uma ótica diferente. Um olhar não de funcionário, mas de dono. O profissional se destaca por ser comunicativo, proativo e dominar uma segunda língua. Mas, ao ter uma visão de negócios e possuir o senso de dono, sua desenvoltura e percepção de valor será muito maior.

A responsabilidade e a motivação de um empreendedor também deve entrar em jogo aqui. Como a busca por uma postura de solução de problemas e até mesmo, uma visão privilegiada para expansão da empresa. Além disso, conseguir prever o futuro e evitar crises antes dos demais faz do profissional uma pessoa mais preparada.