10 curiosidades sobre a Tesla

Ela ultrapassou a General Motors ao tornar-se a montadora número 1 na bolsa de Nova York. Em suas redes sociais, fica clara sua visão moderna e promissora. A Tesla, fabricante de carros elétricos, é uma das grandes surpresas do setor automobilístico americano.

Descubra abaixo o porquê de tamanho sucesso e entenda o que se passa nos bastidores dessa empresa:

1. FABRICAÇÃO SOB ENCOMENDA

Nascida no Vale do Silício, Califórnia, a Tesla surgiu longe de todo o berço da indústria automotiva. No entanto, esta não é sua única diferença.

Diferente de nomes como GM, Ford ou Chrysler, o seu objetivo é construir um império moderno e eficaz. Com foco na comercialização digital a marca não possui concessionárias, todos os seus modelos são fabricados por encomendas em pequenas lojas físicas ou no próprio site.  

2.CARROS 100% ELÉTRICOS

Desde a sua abertura, a empresa se comprometeu em desenvolver carros movidos apenas a energia elétrica.

O primeiro modelo lançado foi o Roadster, em 2008, capaz de rodar 354 km sem necessidade de recarga. Com uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos, o carro demorava até um ano para ficar pronto. Dentre as limitações, isso configura um dos maiores desafios da empresa: a espera.

A fim de aumentar sua linha de fabricação, a Tesla desenvolveu a sua própria fábrica de baterias, gerando a previsão de produção de 500 mil/ano até 2020.

3.CHEFE CELEBRIDADE

Se alguns chefes preferem se manter anônimos e com seus projetos em segredo, Elon Musk não faz questão alguma de esconder as suas opiniões e planos para a Tesla.

Com mais de 8 milhões de seguidores do Twitter, Musk tem quase o dobro em comparação ao próprio CEO da Apple, Tim Cook.

Foi em sua própria conta que o líder compartilhou o lançamento das funções de desenho para o sistema de entretenimento e a venda do próximo modelo da marca no Brasil.

4.NEM TUDO É LUCRO

Mesmo com os diversos investimentos da marca, desde o seu lançamento a Tesla não foi capaz de alcançar nenhum lucro significativo. Pelo contrário, muitos acreditam que ela gera mais prejuízo do que rendimento.

5.VALOR DE MERCADO SIGNIFICATIVO

Apesar do lucro não aparecer, as entregas só crescem nos últimos anos. Esse resultado continua a animar investidores que incentivam a marca a subir. No começo deste ano, a Tesla se tornou a montadora com maior  valor de mercado dos EUA –  uma avaliação de aproximadamente US$ 51 bilhões.

6.PEQUENO PORTE

Mesmo com todo o sucesso e a popularidade, a Tesla ainda é considerada uma empresa de pequeno porte. Isso a impede de alcançar resultados significativos em comparação a nomes como GM e Ford. Além disso, a visibilidade demanda um tempo para ser atingida em seu ponto máximo. A tradição zero não contribui.

7.INCÔMODO PARA ALGUNS

Apesar de configurar um diferencial, o fato da Tesla não possuir concessionárias é um problema em alguns casos. Devido à uma lei presente em determinados estados dos EUA, montadoras são obrigadas a vender seus carros em lojas físicas. Porém, isso parece ser um problema temporário. De acordo com Musk, uma resolução está próxima.

8.AVANÇOS NA TECNOLOGIA AUTOPILOT

Após presenciar uma situação delicada envolvendo a função “piloto automático” de um dos seus modelos, a Tesla se viu forçada a aprimorar a tecnologia. Atualmente a função só se mantém ativada caso o motorista demonstre desatenção de tempos em tempos, evitando qualquer colisão por falhas técnicas.

9.NOVOS LANÇAMENTOS

Já com 250 mil reservas, o novo modelo da marca chega ao mercado ainda este ano. Com a proposta de ser um carro popular, o Model 3 custará US$ 35 mil e terá capacidade para percorrer 346 km sem necessidade de recarga.

10.PREOCUPAÇÕES SUSTENTÁVEIS

Mesmo com uma proposta sustentável, existem diversas teorias questionando a eficiência dos carros elétricos. O descarte de baterias, a utilização de energia elétrica de fonte não renovável e a emissão de gases na própria fabricação dos veículos são alguns dos temas questionados por ambientalistas. Uma das missões da montadora é eliminar fatores de risco e potenciais críticas. Em paralelo, ela busca tornar o seu sistema 100% eficaz. Justificar o esforço sustentável, afinal, é imprescindível para alcançar o sucesso no futuro.